27 de dezembro de 2014



Kim Junsu do JYJ, que é o diretor do Hotel Toscana na Ilha Jeju e sua equipe revelaram que eles irão tomar medidas legais. Sua equipe declarou: "As construtoras do Hotel, 'Cheonji Consolidated Construction' (천지종합건설) e 'Shijei Construction' (시제이건설), desviaram fundos da construção."

O Hotel Toscana na Ilha Jeju revelou através de um comunicado de imprensa no dia 11 que, "As duas empresas construtoras cobraram mais do dobro do custo real de construção. Publicaremos as provas de seu desfalque." e "Vamos tomar medidas fortes e definitivas através dos tribunais."

Em relação à aplicação dos tribunais diante das empresas construtoras, será para obter uma ordem de pagamento no valor de 5 bilhões de won e uma apreensão provisória de bens no valor de 1,8 bilhões de won, Hotel Toscana declarou: "Nós nunca pedimos dinheiro emprestado a eles, todavia eles vem tentando manchar maliciosamente a imagem de uma estrela Hallyu."

É certo que em 4 de agosto, uma nota promissória foi escrita, mas era necessário como documento contábil e não há obrigação de pagar as duas empresas construtoras.

Devido as preocupações de que a nota promissória seria usada de forma maliciosa, Hotel Toscana afirma que eles receberam um documento de confirmação imediatamente.

Hotel Toscana revelou a nota promissória e afirma: "A nota promissória é para ser usada como um documento contábil do banco e da empresa. Não existe um valor de reembolso associado a ele. Por isso, temos assinado e selado (o documento)."

No processo de construção do hotel, Diretor Kim Junsu retirou 15 bilhões de wons de empréstimos do Banco Kookmin e 9 bilhões de wons de empréstimos do Banco Nonghyup, dos quais já foram reembolsados.

O representante legal do Hotel Toscana, o advogado Jung Heewon, disse: "Neste processo, 6 bilhões de wons foram fornecidos para as empresas de construção para aquisição de equipamentos para o hotel, a qual o Diretor Kim Junsu é responsável pela dívida."

Ele acrescentou: "Portanto, Diretor Kim Junsu nunca teve a obrigação de reembolsar as duas empresas de construção civil, em primeiro lugar."

Diretor de Marketing do Hotel Toscana, Park Sung Min, afirmou: "As empresas de construção sabiam que estávamos indo tomar medidas legais e relatórios maliciosos deliberadamente foram liberados. Pensaram que, como o diretor do nosso hotel é uma estrela Hallyu e não pode ter um papel ativo no conflito, que poderiam nos insultar através dos meios de comunicação."

Ele continuou: "Após o concerto do JYJ em Osaka em 14 de dezembro, vamos apresentar uma ação de indenização por perdas e danos."

Por outro lado, a CBS No Cut News tentou muitas vezes entrar em contato com a "'Cheonji Consolidated Construction" através de telefonemas para ouvir sua posição, mas todas as tentativas falharam.

 

Fonte: No Cut News via Naver
Tradução Inglês: ohmyjunsu do intoXIAcation
Tradução Português: Cláudia @ JYJ Brasil
Compartilhado por: JYJ3 + JYJ Brasil

- Copyright © JYJ Brasil - - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -