13 de abril de 2014



"SB March Madness": Campeão masculino - JaeJoong -  http://seoulbeats.com/2014/04/sb-march-madness-championship-hyorin-vs-jaejoong/

"SB March Madness Round 2": Dança, Vocal, Visual, Variedade -  http://seoulbeats.com/2014/03/sb-march-madness-round-2-dance-vocal-visuals-variety/



"SB March Madness" terminou e os resultados foram retumbantes. JaeJoong praticamente varreu a cada rodada, sem muita preocupação, exceto na batalha de visual contra T.O.P do Big Bang. Isto não é um problema, JaeJoong tem sido essencialmente o rei na maioria das pesquisas que ele já entrou.

O que é isso exatamente, que cativa tanto dos fãs? O que se estabelece para pesquisas de entretenimento como esta, ou até talvez pesquisas com um pouco mais de peso, para se certificar de que as muitas vezes apelidado de "Príncipe da Coreia" chega ao topo da lista? Se fosse simplesmente pela sua aparência, ele teria sido nocauteado há muito tempo. Afinal de contas, um rosto bonito com mais nada para apoiá-lo não chega tão longe como você pode pensar, há longo prazo.

Seu poder de fãs chegou a um ponto em que é uma legítima adoração ao ídolo, que em seu mais simples significa que ele golpeia nas competições, fora da margem nas pesquisas e em seu mais feroz leva a algum fanatismo ultrajante e às vezes perigoso. Mas o que impulsiona esta devoção ao artista? Certamente não veio do nada.

Seria tolo sugerir que algum fervor em volta dele não seja profundamente emocional. Quando os cinco membros do DBSK seguiram caminhos separados e então se formou um grupo com três membros, só deixou aumentar a adulação sobre ele. Pós ação judicial, os membros do JYJ têm sido elogiados e criticados, mas provavelmente não mais do que o integrante JaeJoong. Mesmo quando eram cinco, JaeJoong tendia a ter mais, digamos, fãs apaixonados. Não é nenhuma surpresa que a mesma paixão o seguiu em suas atividades solo.

Para os dez anos que passou na indústria, ele dedicou sua vida a melhorar sua arte, esticando o seu talento, tanto quanto ele pode. Tudo a partir da realização para a direção de concerto. Kim JaeJoong provou que ele não é apenas um " choque visual". Ele aperfeiçoou sua habilidade em cada área, apresentado nesta mesma enquete. Embora ninguém jamais iria argumentar que ele é um dançarino incrível, ele consegue executar coreografias, pelo menos competentemente. Dito isso, a sua falta de capacidade em dançar é severamente ofuscada por seu talento em todos os outros aspectos.


Vocalmente, Kim JaeJoong provou que tem fôlego para enfrentar qualquer gênero. Seu alcance é espantoso: no seu mais baixo fixando-se em uma baixa A uma oitava abaixo do médio C, em seu mais alto atingindo uma alta D duas oitavas acima. Isso não é pedir demais, tanto quanto tenores são capazes, no entanto, o que ele faz dentro desse intervalo é impressionante. Os fãs que o conheceram antes e logo após a separação, deu testemunho de versatilidade, tendo tido a excelência em pop e R&B como um membro de ambos os grupos, DBSK e JYJ. Mas quando ele se destacou por conta própria, foi quando os fãs foram realmente presenteados com algo especial.




Não é muito frequente que os vocalistas pop na qualidade de ídolos, terão a oportunidade de se ramificar de seu próprio gênero. Embora muitos tenham experimentado o rock, um gênero que requer uma grande quantidade de controle vocal (e mais disciplina do que muitos poderiam levar a crer), poucos deles atacaram com tanto entusiasmo e vivacidade como JaeJoong. Seu mini álbum de estreia se saiu bem nas paradas, mas seu primeiro álbum completo, "WWW", foi um fenômeno, que nem mesmo o cantor autoconfiante poderia ter previsto.

O álbum atingiu o número um em todas as categorias em nove países, classificado no top 10 em três países e top 20 em sete, estando entre os 100 melhores em dez países. Sua demonstração impressionante nas paradas, tanto gerais como em rock, é mais uma prova de que seu talento chegou às pessoas que podem não tem sequer ouvido falar dele antes do lançamento de "WWW". Na verdade, há aqueles que não estão sequer interessados em qualquer coisa relacionada ao K-Pop, mas reconheceram o talento de JaeJoong e tornaram-se fãs do álbum.


Famosa "personalidade 4D" de JaeJoong sempre lhe rendeu uma grande quantidade de atenção em shows de variedades como anfitrião e convidado - mais notadamente, a lenda Yoo Jae Suk declarou em ambos, "Happy Together" e "Come To Play", que JaeJoong é hilário e adoraria que ele se tornasse um elemento mais permanente em seus programas de variedades. Ele é incrivelmente franco, fato que tanto lhe encarece, e às vezes é um motivo de preocupação.

Ele realmente não tem filtro, e como resultado, tende a dizer coisas que o levam a um pouco de embaraço diante daqueles que não são exatamente fãs dele. Se você observar, na maioria de suas entrevistas anteriores como DBSK, nos dois primeiros anos, para ser mais exato, JaeJoong não era exatamente conhecido por falar muito. Sua aparência e seu completo silêncio o fez passar como um tipo de caráter gelado e sem personalidade. Como a história se encaminhava, a SM não permitia que ele falasse nos dois primeiros anos de promoções do grupo. Mas quando ele finalmente teve a chance de faze-lo, não houve como segura-lo de volta.

Nesse mesmo sentido, a atuação de JaeJoong tem sido um tema de grande interesse para os fãs e novos no meio. Enquanto ele está focado a maior parte de sua atenção em papéis secundários, ele frequentemente ofusca o protagonista masculino e mostra que é capaz de manter-se firme, mesmo com atores veteranos. Seu desejo de aprender e melhorar já lhe rendeu incríveis frutos, tendo recebido prêmios, como no "14º Nikkan Sports Drama Grand Prix" do Japão, como Melhor Ator Coadjuvante por seu papel como estudante de intercâmbio posando como médico em "Sunao ni Narenakute", na "SBS Drama Awards" na Coreia, por seu papel como um Cheobol em "Protect The Boss" e na "MBC Drama Award", como Melhor Novo Ator Masculino por seu papel como um atormentado capitão da Guarda Real em "Time Slip Dr. Jin" - e o respeito e amizade de suas co-estrelas.


Uma benção e uma maldição, ninguém pode negar que seu rosto é quase impossível de se esquecer. Se você é do tipo que acha que ele é uma das criaturas mais divinas existente na face do planeta, ou aqueles que apenas acham que ele parece um pouco estranho, em que seu rosto causa um impacto. Não é nenhuma surpresa a frase "choque visual", que foi criada para ele de volta aos primórdios dias do DBSK. De fato, seu primeiro reconhecimento na SM foi pela sua aparência bastante impactante (ele ganhou o prêmio de Melhor Aparência na competição entre os Melhores da SM), no entanto, foi a sua destreza vocal que o fez se tornar vocalista do DBSK, um fato que muitas pessoas esquecem.

Além de apenas as suas capacidades vocais e em shows de variedades, JaeJoong mostrou que é um empresário competente, tendo aberto dois ramos de seu Teppanyaki Bar Bum's Story em Seul e Tóquio (ele é co-CEO com o companheiro de grupo YooChun), começou pessoalmente sua própria linha de bolsas e acessórios de couro, para a empresa de moda Moldir e abriu seu próprio café chamado J Holic.

Não são apenas os seus restaurantes e cafés, ponto turístico durante todo o ano, sua linha de bolsas e acessórios de couro para Moldir tem lhe rendido uma grande quantidade de atenção de algumas das celebridades mais notáveis da Coreia do Sul. A festa de lançamento de sua linha trouxe o quem é quem do entretenimento coreano. Atores, designers e cantores, todos reunidos no tapete vermelho para mostrar seu apoio ao cantor que virou empresário, incluindo Tony Hong, Lee Sang Gon do Noel, Ailee, Tablo, atores Jung Suk Won, Jin Yi Han e Kim Min Hyeok e os designers Lie Sang Bong e Ha Sang Bek. ele também está provando ser um diretor executivo, tendo tomado as rédeas para o "In Heaven Concert" do JYJ e o "First Gala Show" da ginasta Sohn Yeon Jae.


O trabalho de JaeJoong como um escritor, compositor e produtor é algo que os fãs tem apontado como uma razão para a sua popularidade contínua e seu respeito eterno como homem. Tendo composto e escrito letras para ambos os álbuns do JYJ, álbum de estreia do companheiro de grupo Junsu, "Tarantallegra", seus próprios projetos solo e músicas para cantores mais jovens, incluindo o cantor novato Baek Seung Heon e o grupo estreante M.Pire, JaeJoong provou que ele é um talentoso, se não prolífico compositor. Ele levou todo o proveito da separação da SM Entertainment, escrevendo e produzindo trabalhos que ele não pode e nem teve tido a oportunidade de até mesmo tentar, sob o olhar severo de sua antiga agência.

Embora seus fãs têm sido conhecidos por serem um tanto escandalosos em seu zelo como estrela, não há como negar que ele ganhou não só uma adulação, mas todo o respeito que os fãs e os profissionais da indústria o presentearam da mesma forma. Seu desejo de permanecer conectado com seus fãs através das mídias sociais é bem conhecido. Mesmo depois de ter sua conta no Twitter hackeada duas vezes e saído, ele não pode negar aos fãs a oportunidade de se comunicar com ele, o que inevitavelmente levaram muitos fãs a terem direitos sobre sua vida privada. Mas, mesmo assim, ele fez um esforço consciente para deixar seus fãs em sua vida, permitindo-lhes espreitar quem ele é, e isso sem dúvida, é um acréscimo à sua visibilidade e manteve sua fanbase tão grande e dedicada como ela é.

O consenso que entoa em voz alta entre seus hoobaes é que ele é apenas um dos caras mais legais, um ídolo para ser respeitado entre os mais novos ídolos, como recentemente no "WAPOP K-Dream Concert in Daegu", onde integrantes do Girl's Day e Boys Republic mencionaram como estavam honrados de apenas fazer parte de um show com ele. Sua popularidade é de nenhuma surpresa para aqueles que tiveram uma participação de pelo menos ter presenciado sua carreira nos últimos três anos, muito menos para aqueles que já o seguem por todos os dez anos.

Sua vitória no "SeoulBeats March Madness" pode ter sido na maior parte apenas para o entretenimento, mas é uma indicação dos resultados de Kim JaeJoong em seu incansável trabalho e dedicação ao seu ofício, empurrando-o para mais longe que puder. Esta enquete é apenas uma em muitas que JaeJoong tem praticamente dominado nos últimos quatro anos, e é exatamente porque ele conseguiu tornar-se um dos artistas mais reconhecidos na Coreia do Sul.


[C-JeS Entertainment, JYJ3.net (screencaps tomados a partir do itunes, Tweets originais por @officialBoysRep Twitter, scans do JYJ Maganize vol. 3), BNT News, Hero Baidu Bar, DramaWiki, Nate, Mwave, Nikkan Sports, XSports News, Bum's Story, Naver, Youtube]


Artigo Completo Original: SeoulBeats
Tradução Português: Cláudia @ JYJ Brasil
Compartilhado por: JYJ3 + JYJ Brasil

Favor não retirar sem os devidos créditos.

- Copyright © JYJ Brasil - - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -